A cidade teve inicio em agosto de 1939, quando três jovem combinaram em adquirir do senhor Luís Antonio do Amorim uma gleba de terra. Tinham eles um mesmo ideal, formar um patrimônio no interior paulista que posteriormente se transformaria em uma cidade. Luís Antonio do Amorim disse que faria uma doação do terreno da praça central, a qual leva, em homenagem póstuma, o seu nome.
ÁREA:10.000 m².
Avenida Nove de Julho, confrontando com A rua Manoel Urquiza Nogueira, rua Orozimbo Luiz Arantes e a rua Theodoro Jose de Souza.
Serviços oferecidos e equipamentos existentes: contém bancos, luminárias, sanitários, igreja matriz, além de uma variada arborização e um ótimo jardim com designer diferente e paisagem planejada e dois quiosque para lanches.